Tema: Relacionamento quebrado



Tema: Relacionamento quebrado

Deus quando criou o homem, já tinha em mente que não seria bom que ele estivesse só, e far-lhe-ia uma companheira. Alguém que o amasse, mas que também fosse amada por ele, e que esse amor fosse eterno, eterno e duradouro.
É o anseio de toda mulher ou de todo homem, seja ela, ou ele jovem, onde é mais forte essa necessidade, ou já um homem maduro(a), estar com alguém para compartilhar a sua vida, alguém que os faça sorrir, que faça com que se sintam importantes e necessários.
Em busca um do outro, esse anseio, nasceu no coração de Deus quando criou o homem e a mulher. Todas as necessidades do homem sempre foram satisfeitas (Gênesis 1:29-30). No caso de Adão Deus o colocou em um paraíso chamado “Jardim do Éden”, com quem mantinha comunhão íntima e pessoal.
Infelizmente, o cenário paradisíaco do Jardim do Éden foi destroçado. Nesse tempo, antes do pecado fazer parte da realidade humana, a serpente era um belíssimo e reluzente animal. Possuía asas e voava livremente Por entre as árvores do Jardim do Éden. Todavia, uma serpente não fala. Somente ao seres humanos Deus deu este poder, e quando a serpente se dirigiu a Eva para conversar, ela deveria ter notado que algo estava errado, e deveria ter levado o assunto ao seu marido, e por que não a Deus?Observe que ela não se espantou quando a serpente começou a falar o que denota que já havia dado sinal disso antes.
A conversa deve ter sido interessante, e Satanás se aproveitou da curiosidade de Eva e lançou em sua mente várias dúvidas sobre a sinceridade dos propósitos de Deus para a raça humana.
A semente que lançou no Éden é a mesma que ele usa hoje na família, no namoro, no noivado, no casamento, etc.; invertendo palavras não ditas e fazendo o circo pegar fogo para destruir relacionamentos.
Eva toma do fruto proibido e come. Deve ter se sentido leve e solta, a dona da verdade. Corre para o marido e lhe oferece do mesmo fruto. Ele imediatamente, o come, sem pensar na ordem que Deus havia dado, convencido pelas palavras amorosas.
Na viração do dia, costumeiramente chega Deus para passear e conversar com Adão e nota que ambos se escondem. Ao inquirir sobre o que ocorreu, nenhum dos dois assume sua própria culpa no erro cometido. Adão culpa Eva, de uma forma que também culpa a Deus: “a mulher que tu me deste”, ou seja, veio com defeito. Eva, por sua vez, culpa a serpente, e não assume a sua própria curiosidade.
Cada um já tinha a sua própria desculpa engatilhada para apresentar diante de Deus. Porém Deus sabe que eles estão apenas fugindo de si mesmos e de sua consciência culpada. É deste jeito que acontece em um relacionamento. Ninguém assume sua parcela de culpa.
“Então disse o homem: a mulher que me deste por esposa, ela me deu da árvore, e eu comi” (Gênesis 3:12).
Veja que a serpente destruiu o relacionamento de Adão e Eva com Deus, com eles mesmos e com os próprios filhos, pois a conseqüência do engano atingiu o coração de um dos filhos a ponto de virar assassino do seu irmão. Caim teve a oportunidade de salvar o relacionamento familiar se desse ouvido a Deus. No entanto, ao invés de amar, optou em odiar aquele que era sangue do seu sangue. Mais um conflito familiar.
Não é diferente nos dias de hoje. Tudo na vida é uma questão de escolha. Infelizmente, o mal tem ganhado força para destruir relacionamentos Porque nós mesmos lhe damos essa força quando escolhemos não amar incondicionalmente.
Na ausência do amor, prevalece o ódio, o rancor, o ciúme, a inveja que entra com o único objetivo: destruir relacionamentos. Por isto encontramos nos dias de hoje CASAMENTOS SEM GOSTO, SEM CHEIRO, mas tenho uma notícia que pode alegrar seu coração neste momento e por toda a eternidade, Jesus transformou água em vinho!...
Esse é o milagre da transformação. Jesus transformou aquilo que era sem gosto, sem vida, em algo saboroso, transformou um produto que somente matava a sede, em algo que sacia e alegra. É exatamente essa transformação que Jesus quer promover nos relacionamentos, principalmente nos casamentos.
Jesus quer fazer da vida de cada pessoa uma constante celebração, uma constante alegria!
Existem coisas na nossa vida que precisam de uma “transformação” como essa da água para o vinho. Talvez sejam situações familiares ou financeiras ou emocionais ou físicas, não importa. Deus tem o poder de transformar tudo o que foi adulterado. Quem sabe até mesmo a nossa própria vida esteja uma “água” sem gosto, sem cor e sem vida, precisando, mais do que nunca, ser transformada em um “vinho novo de excelente qualidade” que só Deus tem para nos dar.
Caro leitor, mesmo que seu coração ou o do seu cônjuge esteja como aqueles jarros de pedra, cheio de água, quem sabe até águas amargas pela vida, não perca a esperança, porque coração de pedra e águas amargas, se Jesus tocar, receberão o poder transformador.

#Compartilhar

Postagens Relacionadas

Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

1 comentários:

comentários