Será que eu quero a restauração da minha família?

Será que eu quero a restauração da minha família?

Deus tem salvação, cura e restauração para todas as famílias, mas será que as famílias querem saber de Deus?
Tenho lido inúmeros e-mails contando os mais diversos problemas familiares. Homens e mulheres dizem já não suportar a dor que é imensa diante de situações adversas como separações, brigas, violências e traições.
Acredito que cada um esteja falando a verdade e me solidarizo com a dor que carregam. Porém, nem todos são sinceros quando dizem que estão dispostos a lutar pela sua família.
Vejo as pessoas até desejosas por mudança, entretanto acomodadas. Reclamam da sua vida mas são profundamente rebeldes e duras, são incapazes de ouvir um único conselho e praticá-lo, seguí-lo com firmeza. Não fazem absolutamente nada por suas famílias e acham que as coisas vão mudar sozinhas, pensam que o milagre só depende de Deus e esquecem que depende delas também.
Vão a igreja cumprir um ritual, praticam uma fé emocional nos cultos e quando saem da igreja, antes mesmo de chegarem em casa, já estão desanimadas e sem esperança novamente. Insistem em seguir igrejas onde sequer vêem milagres e mesmo assim ficam na mesmice achando que a vida é assim porque Deus quer que seja e ainda falam mal das igrejas onde os milagres acontecem.
Você é daqueles que ficam questionando quando vêem um testemunho?
Acha que é tudo armado e que as pessoas são pagas para falar aquilo?
Diz que Igreja só sabe pedir dinheiro?
Se acha injustiçado (a) e diz que Deus só abençoa os outros?
Se você é alguém que age e pensa assim, eu tenho uma má notícia: SUA VIDA, SUA FAMÍLIA E SUAS FINAÇAS VÃO CONTINUAR NA MISÉRIA!
A fé tem que ser inteligente, ou Deus é contigo e sua vida muda ou quem você serve não é a Deus porque sua vida continua a mesma entra ano e sai ano.
Ou você luta com Deus pelo seu casamento e ele é transformado ou o que você chama de lutar é um sofrer em vão que não está surtindo nenhum efeito na sua vida familiar.
Deus não falha e não mente, se Ele ressuscita um morto porque ainda não ressuscitou seu casamento? É porque Deus não está fazendo a parte dele ou é você quem não fazendo a sua?
Pode ser que na sua cabeça você tentou de tudo, mas quem planta tudo colhe tudo e como você está colhendo o nada? Alguma cosia está errada, não é mesmo?
Famílias restauradas e salvas são formadas por pessoas transformadas e salvas, por isso o primeiro passo é se abrir para que Jesus faça a diferença na sua vida antes de qualquer coisa, é preciso ter uma vida que realmente demonstre alguma diferença.
Quando Deus encontra lugar na vida de uma pessoa começa então a entrar a cura, o bálsamo de Gileade que limpa todas as feridas, traumas e decepções. Vem o quebrantamento e o arrependimento, brota a esperança e nasce o desejo de ter uma vida diferente e se empenhar para ter esta vida.
Este processo não é só individual pois toda a família e quem está ao redor é impactado pela transformação que Deus opera.
O poder do Espírito Santo entra dentro de você e agora você não está mais só para enfrentar a vida. Sua guerra é a guerra de Deus e ele com a própria mão te conduz pelos caminhos certeiros que vão te levar a vitória que tanto seu coração deseja.
Vencer é um dom que só repousa sobre a vida daqueles que realmente estão abertos e dispostos a fazer sua parte porque Deus não falha em cumprir a parte que lhe cabe.
Faça uma análise sincera da sua vida. Assim como a dos demais seres humanos ela não tem sido fácil. Mas faça uma retrospectiva: Quantos conselhos, pregações e aconselhamentos você já ouviu? Quantos você realmente seguiu a risca?
Se Deus te falou algo faça, não endureça o seu coração mais decida resolutamente seguir a Deus até as últimas conseqüências e Ele transformará sua vida da água para o vinho em nome de Jesus.
Se revolte, não se acomode.


Dê uma chance para Deus fazer aquilo só Ele pode fazer na sua vida

Encontro de casais, Organizando um evangélicos passo a passo

Palavras edificantes, dicas, trocas de experiências, reconciliação, restauração, reflexão, lazer e diversão. Estes são os objetivos do Encontro de Casais.

Pr Zaqueu Medeiros & Pra.Marlene Medeiros

" QUANDO SE PERDE A CONFIANÇA"

" QUANDO SE PERDE A CONFIANÇA"
Quem nunca cometeu nenhum deslize em um relacionamento, que atire a primeira pedra!
De que deslize estou falando?
De uma "simples" mentirinha a uma traição, pisadas de bola funcionam como atentados violentos contra a confiança de um parceiro no outro.
Costuma haver uma relação direta entre o tamanho da pisada e o estrago na confiança, mas, às vezes, uma mentirinha aparentemente despretensiosa como "fiquei trabalhando até tarde", quando, na verdade, você estava era bebendo com os amigos ou em outros lugares, já é suficiente para que a confiança seja definitivamente abalada. Pois é, tem gente que não perdoa nada, acreditando que se o outro conta pequenas mentiras, é capaz de qualquer coisa. São os adeptos da tolerância zero, que costumam ser altamente exigentes consigo mesmos e, por isso, tratam seus parceiros com o mesmo rigor.
E tem quem faça vistas grossas a qualquer deslize do parceiro, para não correr o risco de perdê-lo. O excesso de permissividade, no entanto, é um tiro pela culatra, na medida em que vai minando a auto-estima, e sem auto-estima, não há relação que se sustente!
Como, então, reagir à traição da confiança?
Não possuo nenhuma fórmula milagrosa, que pudesse, de repente, ser aplicada a qualquer pessoa, indistintamente. O que sei, por experiência própria, é que a única forma de perdoar o outro é tentar se colocar no lugar dele. Se fosse você o mentiroso, por que deveria ser perdoado por seu parceiro? Você seria capaz de cometer a mesma traição que ele?
Se formos capazes de superar nosso orgulho e nossa raiva, é bem provável que consigamos nos identificar com o outro, reconhecendo que poderíamos cometer erro semelhante – ou até já o cometemos. Este é o primeiro passo para reconquistar a confiança perdida. Mas o assunto é dos mais delicados, pois todos somos seres imperfeitos e com uma boa dose de egoísmo e mesquinhez.
Passar por cima de tudo isso e reconhecer que o parceiro arrependido merece uma segunda chance é um trabalho e tanto.
Mantenha a sua confiança no Senhor, e ore para que sua confiança seja verdadeiramente restaurada.
Invista no bem mais precioso que Deus te deu, sua família. Não entregue nas mãos do inimigo aquilo que Deus confiou a você.
Fica a dica:
Descrição: https://www.facebook.com/images/emoji.php/v5/u71/1/16/1f339.png🌹Família Investimento PreciosoDescrição: https://www.facebook.com/images/emoji.php/v5/u71/1/16/1f339.png🌹



Um dos maiores tesouros que temos é a nossa FAMÍLIA!

Um dos maiores tesouros que temos é a nossa FAMÍLIA!
Deus em toda a Bíblia deixa claro o quanto precisamos cuidar dos nossos. Há pessoas que valorizam riquezas, bens, trabalho, amigos, etc., e esquecem de cuidar, amar e estimar o seu bem mais precioso.
Quero hoje te lembrar que você pode ser um cônjuge melhor, um pai ou uma mãe melhor, um filho ou uma filha melhor, um ser humano melhor... Relacionamentos precisam de manutenção e investimento, não dá para ter as mesmas atitudes e esperar resultados diferentes. Sei que certamente sua cabeça já é ocupada com muitas coisas, mas que tal passar a pensar um pouco sobre o que você pode fazer para elevar os seus relacionamentos de nível, fazendo-os ser melhores e mais satisfatórios.
Reflita sobre isso, crie, inove, se esforce... Fale muito apena doar-se!

Invista na sua familia

Invista na sua familia
Como você pode investir no seu casamento ?
No primeiro livro da Bíblia, Gênesis,o Senhor Deus deu instruções ao homem, para que ele cuidasse do seu lar e de sua familia: Gn:2:15. Hoje, Deus quer que possamos assumir a responsabilidade de cuidar(investir)na nossa família.
Vamos observar agora alguns princípios que vão enriquecer a nossa familia:
CARINHO - Seja uma pessoa carinhosa, abraçe, beije as pessoas da sua casa, seus filhos, seu cônjuge, faça um carinho no rosto, mostre com suas atitudes(comportamento) o seu amor por eles. Seja carinhoso com suas palavras, faça declarações de amor, dê carinho e seja agradecido, por sua família. A Bíblia diz que as palavras suaves são doces e ainda transmitem saúde (Pv:16:24), em Provérbios 25:11 diz que a palavra certa na hora certa é de grande valor.
COMUNHÃO - Faça um esforço para estar junto com seu cônjuge, com seus filhos, principalmente no momento das refeições, não perca essas grandes oportunidades de estar perto de sua família.Tire tempo para passear, almoçar fora, sair para tomar um sorvete juntos, promova esses momentos de comunhão entre vocês, e a sua família nunca mais será a mesma. [Pode parecer coisas simples e até bôbas, mas a verdade é que os detalhes fazem toda a diferença, afinal as grandiosas montanhas são formadas de grãos de aréia.]
SEJA UM PRATICANTE DESSES PRINCÍPIOS. Tg:1:22 .
Pratique esses princípios e você estará permitindo que Deus possa abençoar sua família.

SINAIS DE ALERTA EM UM CASAMENTO EM PERIGO.

SINAIS DE ALERTA EM UM CASAMENTO EM PERIGO.
“Entre nós, já houve até agressão física, perdemos o respeito um pelo outro.”
QUANDO NÃO HÁ MAIS RESPEITO ENTRE OS CÔNJUGES (1 Pe 3.7).

Nenhum divórcio acontece de uma hora para outra, é um processo lento de descasamento. As atitudes de desonra é uma das evidências de que o casamento precisa de cura. Por que será que muitas vezes ofendemos a pessoa que mais amamos? O que pode ser um fator motivados do desrespeito? A familiaridade. A familiaridade costuma gerar desrespeito. É comum a pessoa tratar melhor as visitas do que o seu cônjuge e filhos, por que? Familiaridade. Você já imaginou como seria diferente, se as pessoas tratassem o cônjuge e filhos com a mesma fineza, delicadeza, presteza, cortesia com a qual trata as pessoas de fora. 
Certo dia eu e a minha esposa ficamos hospedados em uma casa, e algumas coisas chamaram a nossa atenção naquela família. O marido logo pela manhã começou a ajudar a esposa, e a forma como um tratava o outro, era muito carinhosa, educada e gentil. A esposa daquele irmão estava transbordando de alegria, era visível em sua face, a sua felicidade. Será que eles eram assim, ou a nossa presença fez cada uma colocar uma “máscara”? Geralmente quando se recebe em casa uma visita considerada importante, muda tudo. As vezes a família pinta a casa, arruma os móveis, troca as fronhas do travesseiros, as colchas e os cobertores. Coloca-se tolha nova na mesa de jantar, talheres novos, decora-se os pratos que foram preparados com muito carinho, em fim, muda tudo, afinal de contas tem visita em casa. 
Porém, não é só as coisas que são mudadas, muda-se o comportamento, a atitude, o tom de voz, a maneira de tratar um ao outro. É mais ou menos assim quando o casal fala um com o outro: - Meu bem, pega a tigela pra mim, por favor. Ele responde com muita delicadeza: - Pois não meu amor, você precisa de mais alguma coisa? Ela responde: - Não, muito obrigada meu bem. Quando chega o momento de chamar os filhos para almoçar, não é diferente. O pai vai até o quarto onde as crianças estão fazendo uma bagunça enorme, e com uma voz mansa e educada, diz: -Meus anjos, filhinhos o almoço está pronto, vamos comer? O interessante é que o mais velho e mais peralta, estranha a gentileza do pai e diz: - Pai, o que está acontecendo com o senhor? Você geralmente não fala assim com agente. O senhor está bem? O pai da uma risadinha sem graça e diz baixinho: - Cala a sua boca menino, se não depois que as visitam forem embora eu te arrebento. Esse é o grande problema da maioria das famílias, um vida de “facha”, faz de conta que somos assim. Depois que as visitas vão embora, ai a família desarma o palco, recolhe as mascaras e todos voltam a ser o que realmente são. Desaparece o respeito, a cortesia, a afetuosidade, o tom de voz agradável, a educação, a presteza e a diplomacia. Ou seja, o melhor foi oferecido para os de fora, o pior ficou para ser digerido pela família. Por que em muitas casa é assim? 
Gosto da definição que diz, respeito é a forma como demostramos o nosso amor no dia da dia para com o outro. Quando acaba o respeito, acabou o brilho, a graça, a doçura, a bondade, a camaradagem, o bom senso, o equilíbrio e a razão de ser um casal. O desrespeito gera medo e desconfiança. Se a base de qualquer relacionamento sadio é a confiança, como conviver quando não dá para confiar e nem caminhar com segurança ao lado do outro? Resgatar o respeito, é essencial para resgatar o próprio casamento. O que muitos não sabem, é que ao desrespeitar o cônjuge, está construindo o inferno para si mesmo. Sempre afirmo aos casais nas minhas palestras, “é impossível fazer alguém infeliz, e ser feliz”. A minha felicidade é uma colheita da felicidade que eu planto na minha esposa. 
Respeitar é honrar, e quem aprendeu a honrar seu cônjuge apesar das suas imperfeições, descobriu uma das chaves para se construir um casamento que vale a pena ser vivido. Casar é uma chamada para fazer alguém feliz, antes de ser feliz. 
Sete perdas irreparáveis quando não existe mais respeito entre o casal
1- O casamento perde a graça e o brilho.
2- O cônjuge perde o prazer de estar ao lado.
3- Os filhos perdem a admiração pelos pais.
4- Ele ou ela perde o desejo pelo ato sexual.
5- O casal perde a vontade de voltar para casa.
6- Jesus deixe de ser o Senhor da Casa.
7- O casal passa a viver usando uma máscara.

77 DECISÕES IMPORTANTES PARA O SEU CASAMENTO, À LUZ DA BÍBLIA

77 DECISÕES IMPORTANTES PARA O SEU CASAMENTO, À LUZ DA BÍBLIA
1. Aceite o seu cônjuge como ele é.
"Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal;" (I Cor. 13:5)
2. O casamento tem três pilares de sustentação: fé, comunicação e sexo.
"Por isso deixará o homem seu pai e sua mãe, e se unirá a sua mulher; e serão dois numa só carne." (Efésios 5:31)
3. Evite afirmativas que aumentem o conflito, como por exemplo "você sempre...", "todas as vezes...".
"Há alguns que falam como que espada penetrante, mas a língua dos sábios é saúde." (Prov. 12:18)
4. Para manter o cálice do amor transbordando em seu casamento, admita logo o erro quando estiver errado e cale-se quando estiver certo.
"Semelhante, vós mulheres, sede sujeitas aos vossos próprios maridos; para que também, se alguns não obedecem à palavra, pelo porte de suas mulheres sejam ganhos sem palavras;" (I Pedro 3:1)
5. Feche a porta do divórcio.
"Porque o Senhor, o Deus de Israel diz que aborrece o repúdio e aquele que encobre a violência com a sua roupa, diz o Senhor dos Exércitos; portanto, guardai-vos em vosso espírito, e não sejais desleais." (Malaquias 2:16)
6. O casamento é uma instituição sagrada para o Senhor.
"Assim não são dois, mas uma só carne. Portanto, o que Deus ajuntou não o separe o homem". (Mat.19: 6)
7. Siga o padrão de Deus para o seu lar.
"Vós, mulheres, sujeitai-vos a vossos maridos, como ao Senhor; porque o marido é o cabeça da mulher, como também Cristo é o cabeça da igreja, sendo este mesmo o salvador do corpo. Assim também vós, cada um em particular, ame a sua própria mulher como a si mesmo, e a mulher reverencie o marido." (Efésios 5:22,23,33)
8. Toda esposa necessita de gentileza no falar, no gesticular, no agir. Toda mulher necessita de um amigo.
"Assim devem os maridos amar as suas próprias mulheres, como a seus próprios corpos. Quem ama a sua mulher, ama-se a si mesmo." (Efésios 5:28)
9. A pessoa amada tem necessidades diversificadas. Entre elas: ouvir palavras que declarem seu valor e sua importância (palavras de afirmação), e/ou receber inteira atenção, sem dividi-la (qualidade de tempo).
"Não atente cada um para o que é propriamente seu, mas cada qual também para o que é dos outros. De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que também ouve em Cristo Jesus," (Filipenses 2:4,5)
10. A pessoa amada tem necessidades diversificadas. Entre elas: receber expressões de serviços como doação do outro que a fará sentir-se importante e/ou receber presentes.
"Igualmente vós maridos, coabitai com elas com entendimento, dando honra à mulher, como vaso mais fraco; como sendo vós os seus co-herdeiros da graça da vida; para que não sejam impedidas as vossas orações." (I Pedro 3:7)
11. Existem pessoas que necessitam sentir-se lembradas, valorizadas. Para estas, receber presentes é uma expressão forte de amor.
"Seja bendito o teu manancial, e alegra-te com a mulher da tua mocidade." (Provérbios 5:18)
12. Aprender a ouvir o cônjuge é muito parecido com o aprendizado de uma língua estrangeira. Persevere, vale à pena!
"Mas todo homem seja pronto para ouvir, tardio para falar, tardio para se irar." (Tiago 1:19,20)
13. É sempre inteligente declarar sua apreciação pelas coisas boas que seu cônjuge faz, e com sinceridade.
"O amor não seja fingido. Aborrecei o mal e apegai-vos ao bem." (Romanos 12:9)
14. Fazer alguém feliz pode significar, às vezes, abrir mão do bem estar pessoal momentâneo, como por exemplo, comodismo, preguiça, egoísmo.
"Andai em amor, como também Cristo vos amou e se entregou a si mesmo por nós em oferta e sacrifício a Deus, em cheiro suave." (Efésios 5:2)
15. O que você diz pode salvar ou destruir uma vida. Portanto, use bem as suas palavras e você será recompensado. 
"Sejam agradáveis as palavras da minha boca e a meditação do meu coração perante a tua face, Senhor, Rocha minha e Redentor meu!" (Salmos 19:14)
16. Nos relacionamentos, a comunicação não deve ser soberba. 
"Da soberba só provém a contenda, mas com os que se aconselham se acha a sabedoria." (Provérbios 13:10)
17. Ataque o problema, e não ao outro. 
"Tem visto um homem precipitado no falar? Maior esperança há para um tolo do que para ele." (Provérbios 29:20)
18. Os problemas não podem ser acumulados para depois descarregar sobre o outro. Enfrente e resolva-os com maturidade. 
"Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida. Desvia de ti a falsidade da boca, e afasta de ti a perversidade dos lábios." (Provérbios 4:23,24)
19. Expresse os sentimentos sem agredir o outro. 
"Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas só a que for boa para promover a edificação, para que dê graças aos que a ouve." (Efésios 4:29)
20. Busque o melhor momento para se comunicar. 
"O que responde antes de ouvir comete estultícia que é para vergonha sua." (Prov. 18:13)
21. Aprenda a perdoar (esquecendo) para não criar raiz de amargura. Lembre-se de esquecer! 
"Todos os dias dos aflitos são maus, mas o de coração alegre tem um banquete contínuo." (Prov. 15:15)
22. Um não deve atirar sentimentos no outro. Busque trazer soluções quando apresentar os problemas (apontar erros). 
"O homem se alegra na resposta da sua boca, e a palavra, a seu tempo, quão boa é!" (Prov. 15:22)
23. Cuidado quando for utilizar o humor para não aumentar a tensão. Utilize o humor só quando tiver convicção que vai aliviar a tensão. 
"O coração do justo medita o que há de responder, mas a boca dos ímpios derrama em abundância as coisas más." (Prov. 15:28)
24. Se quiser manter o cálice do amor transbordando em seu casamento, não utilize o sarcasmo um para com o outro. 
"A língua dos sábios adorna a sabedoria, mas a boca dos tolos derramam a estultícia." (Prov. 15:2)
25. No casamento, a comunicação deve ser adequada. O amor faz solicitações e não imposições. 
"A morte e a vida estão no poder da língua; e aquele que a ama comerá do seu fruto." (Prov. 18:21)
26. Quando você e seu cônjuge experimentar das adversidades da vida, não comunique a Deus o tamanho delas, mas diga para as adversidades o tamanho do seu Deus. 
"Não andeis ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplica, com ações de graças, sejam as vossas petições conhecidas diante de Deus." (Filipenses 4:6)
27. Escolha o momento certo e o local adequado para falar ao outro o que mais desagrada a você. 
"A palavra branda desvia o furor, mas a palavra dura suscita a ira. A sabedoria do homem lhe dá paciência; a sua glória está em esquecer ofensas." (Provérbios 15:1; 19:11)
28. Concentre-se em resolver as incompatibilidades que geram tensões conjugais. 
"Porventura andarão dois juntos, se não estiverem de acordo? ... tudo o que é verdadeiro, honesto, justo, puro, amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude e se há algum louvor, nisto pensai." 
(Amós 3:3 / Filip. 4:8)
29. Uma pessoa não pode se deixar vencer pelo desespero, mas o vença pelo conhecimento da palavra de Deus. 
"O coração sábio buscará o conhecimento, mas a boca dos tolos se apascentará de estultícia." (Prov. 15:14)
30. Comunicação é um processo lento de maturidade de compreender e de se fazer compreendido. 
"Os lábios dos sábios derramarão o conhecimento, mas o coração dos tolos não faz assim." (Prov. 15:7)
31. As mulheres têm necessidades de conversar com seu companheiro e tê-lo como um grande amigo. 
"Aquele que encontra uma esposa, acha o bem, e alcança a benevolência do Senhor." (Prov. 18:22)
32. O casal deve andar juntos, não só literalmente. O diálogo é fundamental para que haja compreensão. 
"O amor não folga com a injustiça, mas folga com a verdade; tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. O amor nunca falha;..." (I Coríntios 13: 6-8)
33. A cooperação também é importante para um casal que deseja andar, literalmente, juntos. 
"E lhes darei um mesmo coração, e um só caminho, para que me temam todos os dias, para seu bem, e o bem de seus filhos, depois deles." (Jeremias 32:39)
34. Trate o seu arranhão hoje, para mais tarde não se tornar algo mais sério. Não deixe para tratar o pecado amanhã. 
"Irai-vos e não pequeis; não se ponha o sol sobre a vossa ira. Não deis lugar ao diabo." (Ef. 4:26,27)
35. Decida amar seu cônjuge na linguagem que ele consegue compreender: seja palavras de afirmação, qualidade de tempo, formas de servir, toque físico, ou mesmo presentes. 
"O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece." (I Coríntios 13:4)
36. Marido e esposa, a comunicação é a chave do casamento. Portanto, compartilhe ao outro a sua própria linguagem do amor. 
"Como cerva amorosa, e gazela graciosa; saciem-te os seus seios em todo o tempo; e pelo seu amor sê atraído perpetuamente." (Provérbios 5:19)
37. O objetivo do amor não é obter o que se deseja, mas fazer algo pelo bem-estar daquele a quem se ama. 
"Portanto, cada um de nós, agrade ao seu próximo no que é bom para edificação." (Romanos 15:1)
38. A fidelidade entre marido e esposa é fruto da relação de ambos com Deus. 
"O que adultera é falto de entendimento; destrói a sua alma o que tal faz. Achará castigo e vilipêndio, e o seu opróbrio nunca se apagará." (Provérbios 6:32,33)
39. "Achar tempo" é questão de prioridade. Se a linguagem do seu cônjuge é qualidade de tempo, comece a planejar, abra mão de algumas atividades particulares em prol do outro. Vai valer a pena, acredite! 
"O amor não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal;" (I Coríntios 13:5)
40. Há várias formas de presentear. O mais importante é a mensagem nas entrelinhas que o presente trás. Use e abuse de sua criatividade. 
"Quem guardar o mandamento não experimentará nenhum mal; e o coração do sábio discernirá o tempo e modo." (Eclesiastes 8:5)
41. Presente X Dinheiro. Investir no amor do seu cônjuge é semelhante a aquisição das ações mais caras da bolsa de valores. 
"As muitas águas não poderiam apagar esse amor nem os rios afogá-los; ainda que alguém desse toda a fazenda de sua casa por este amor, certamente a desprezariam." (Cantares 8:7)
42. Para Adão, Deus não criou os amigos, mas uma esposa. A instituição sagrada chamada "Família" nasceu do coração de Deus, e Ele não comete erros. 
"Tendo cuidado de que ninguém se prive da graça de Deus, e de que nenhuma raiz de amargura, brotando, vos perturbe, e por ela muitos se contaminem." (Hebreus 12:15)
43. Todas as tentações que um casal pode sofrer, também podem enfrentar e vencer. 
"Meus irmãos, tende grande gozo quando cairdes em várias tentações; bem-aventurado todo aquele que suporta a tentação; porque, quando for provado, receberá a coroa da vida, a qual o Senhor tem prometido aos que o amam." (Provérbios 1:2,12)
44. Por trás de um marido passivo há quase sempre uma esposa selvagem e/ou rixosa. 
"É melhor morar numa terra deserta do que com a mulher rixosa e irritadiça." (Provérbios 21:19)
45. Toda tribulação na vida de um casal cristão é passageira. 
"Tenho-vos dito isso, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo; eu venci o mundo. 
...e esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé." (João 16:33/ I João 5:4)
46. Os problemas internos ou externos podem turbar o espírito do casal, mas jamais destruí-los, quando Jesus Cristo é o alicerce da relação. 
"Alegrai-vos na esperança, sede pacientes na tribulação, perseverai na oração." (Romanos 12:12)
47. Um lar tem início com um compromisso de amor e fidelidade, e Deus como o seu arquiteto. 
"Se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam; se o Senhor não guardar a cidade, em vão vigia a sentinela." (Salmos 127:1)
48. A jóia mais preciosa que um homem pode dar a sua esposa é amá-la incondicionalmente, sendo este também o presente mais almejado pelos filhos. 
"Vós, maridos, amai as vossas mulheres como Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela," (Efésios 5:25)
49. É possível o casal discordar sem brigar. Procure não exagerar nem se envolver em rixas. 
"Toda a amargura, e ira, e cólera e gritaria, e blasfêmia e toda malícia sejam tiradas dentre vós, antes sede uns para com os outros benignos, misericordiosos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus vos perdoou em Cristo." (Efésios 4:31)
50. Procure se colocar na posição do seu cônjuge para entender melhor algumas de suas opiniões. Evite aborrecer um ao outro. 
"...não amemos de palavras, nem de língua, mas por toda obra e em verdade." (I João 3:18)
51. Procure ser um bom ouvinte, mas não use do silêncio para representar ao cônjuge uma resposta negativa ou frustá-lo ao hesitar responder. 
"Com toda a humildade e mansidão, com paciência, suportando-vos (grego = sustentando) uns aos outros em amor, procurando guardar a unidade do Espírito pelo vínculo da paz." (Efésios 4:2,3)
52. É importante para o casal sempre escolher o melhor momento e hora para dialogar, definir as áreas de concordância e de discordância, e fazer uma alta análise de si mesmos. 
"O homem se alegra em responder bem, e quão boa é a palavra dita a seu tempo!" (Provérbios 15:23)
53. É importante para o casal identificar sua parcela de culpa nos conflitos, quando necessário mudar de atitudes ou comportamento, contribuindo assim, para a resolução dos mesmos. Orar juntos, pedindo a orientação e graça de Deus, nestes momentos é fundamental. 
"O amor não faz mal ao próximo. De sorte que o cumprimento da lei é o amor." (Rom. 13:10)
54. Esposa, procure ser sempre bondosa para com as virtudes do seu cônjuge e um pouco cega para as faltas do mesmo. 
"Que, quanto ao trato passado, vos despojeis do velho homem, que se corrompe pelos desejos da carne e engano; e vos revistais do novo homem, que segundo Deus é criado em verdadeira justiça e santidade." (Ef. 4:22,24)
55. Palavras agradáveis, porém sinceras, solidificam a relação e produzem um eco verdadeiramente eterno. 
"Favos de mel são as palavras agradáveis, doçura para a alma e saúde para os ossos." (Prov.16:24)
56. Alguns casais afim de se firmarem na vida, se esquecem de viver e de crescer espiritualmente. 
"Porque a inclinação da carne é morte; mas a inclinação do Espírito é vida e paz. Pois que aproveita ao homem chamar o mundo inteiro e perder a sua alma?..." (Romanos 8:6/ Mateus16:26)
57. Um falar sem o alimento espiritual é um lar onde há o pão de cada dia para se alimentar o corpo, porém a alma nunca é suprida. 
"Está escrito: Nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Deus." (Mateus 4:4)
58. Para perdoar seu cônjuge é necessário dar amor quando não existe motivo para dar. Para que ambos sejam felizes é indispensável que se tornem bons perdoadores. 
"Antes sede uns para com os outros benignos, compassivos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus vos perdoou em Cristo." (Efésios 4:32)
59. O amor faz o giro do mundo valer a pena. Ele é o produto do hábito e deve motivar o cônjuge levar sempre a sério o outro, ao invés de si mesmo em demasia. 
"Completai a minha alegria, para que sintais o mesmo, tendo o mesmo amor, o mesmo ânimo, sentindo uma mesma coisa. Nada façais por contenda ou por vanglória, mas por humildade; cada um considere os outros superiores a si mesmo." (Filipenses 2:2,3)
60. O bom senso somado ao amor apagam a linha divisória entre o seu e o meu. 
"Desposar-te-ei comigo para sempre; eu te desposarei comigo em justiça, em juízo, em benignidade e em misericórdia." (Oséias 2:19)
61. Deus nos criou sexuais não somente para a procriação, mas também para o prazer sexual do casal. 
"O que acha uma esposa, acha uma coisa boa, e recebe o favor do Senhor. Goza a vida com a mulher que amas todos os dias da tua vaidade..." (Provérbios 18:22; Eclesiastes 9:9a)
62. Tanto o marido como a esposa têm direitos e deveres. Diante de Deus, cada um é responsável em colocar como prioridade, as necessidades sexuais e emocionais do outro. 
"Como vós quereis que os homens façam, da mesma maneira fazei-lhes vós também." (Lucas 6:31)
63. Limite não há para o prazer sexual, desde que o casal esteja dentro da vontade e princípios de Deus. E não há espaço para razões egoístas. 
"Eis que os caminhos do homem estão perante os olhos do Senhor, e ele pesa todas as suas veredas." (Provérbios 5:21)
64. Quando um casal sela um compromisso com Deus e a Sua palavra, não há limites para a satisfação sexual que podem experimentar. 
"...Tornando-se uma só carne; o amor jamais acaba..." (Gênesis 2:24b/ I Coríntios 13:8a)
65. Criatividade, assim como a tomada de atitude dos cônjuges em relação à própria sexualidade, também se constitui no alicerce para o êxtase do prazer sexual. 
"Desejo muito a sua sombra, e debaixo dela me assento; e o seu fruto é doce ao meu paladar. Levou-me à casa do banquete, e o seu estandarte sobre mim era o amor." (Cantares 2:3,4)
66. O prazer sexual deve basear-se tanto na aceitação da satisfação sexual do outro, como, principalmente, na aprovação de Deus. 
"...Sabendo que nenhum sodomita herdará o reino de Deus; venerado seja entre todos o matrimônio e o leito sem mácula..." (I Coríntios 6:9/ Hebreus 13:4a)
67. O stress de ordem financeira, na família, por vezes, é fruto da falta de discernimento em distinguir entre necessidades e desejos. 
"Não digo isto como por necessidade, porque já aprendi a contentar-me com o que tenho...Vigiai e orai para que não entreis em tentação..." (Filipenses 4:11/ Marcos 14:38a)
68. O descontrole financeiro tem sido um forte adversário do amor entre marido e mulher. O casamento requer compromisso, da mesma forma, tudo que é bom. 
"Ora, a perseverança deve terminar a sua obra, para que sejais maduros e completos, não tendo falta de coisa alguma." (Tiago 1:4)
69. Um casal que se ama deve estar sempre pronto a ser flexível e ajustar-se a qualquer mudança radical, objetivando o ajuste financeiro. 
"...Em toda a maneira, e em todas as coisas estou instruído, tanto a ter fartura, como a Ter fome; tanto a Ter em abundância, como a padecer necessidades. Posso todas as coisas naquele que me fortalece." (Filip. 4:12,13)
70. Um casal deve aprender a fazer investimentos sábios para o Reino de Deus, com boa vontade e não por obrigação. 
"Mas ajunteis tesouros no céu, onde a traça nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam, nem roubam...Servo bom e fiel sobre o pouco foste fiel, sobre o muito te colocarei, entra no gozo do teu Senhor..." (Mateus 6:19,20; 25:14-30)
71. Um casal sábio e temente jamais coloca "Deus na parede", financeiramente falando. Contudo, reconhece que Ele é capaz de suprir a falta de dinheiro quando ocorrer. 
"O meu Deus, segundo as suas riquezas, suprirá todas as vossas necessidades em glória, por Cristo Jesus." (Filipenses 4:19)
72. O relacionamento sexual também é uma mistura de comunicação, unidade, prazer e entrega entre os cônjuges. 
"O marido conceda à mulher a devida benevolência, e da mesma sorte a mulher ao marido. Completai o meu gozo, para que tenhais o mesmo modo de pensar, tendo o mesmo amor, o mesmo ânimo, pensando a mesma coisa." (I Coríntios 7:3/ Filipenses 2:2)
73. No casamento não deve existir espaços para razões egoístas, pois quem ama não priva o outro do prazer sexual sem que haja concordância mútua. 
"Não vos priveis um ao outro, salvo talvez por mútuo consentimento, por algum tempo, para vos dedicardes à oração e novamente vos ajuntardes para que Satanás não vos tente por causa da incontinência." (I Coríntios 7:5)
74. Toda esposa deseja se sentir amada e desejada. Toda esposa sábia é capaz de comunicar seus sentimentos. 
"Mulher virtuosa, quem a achará? O seu valor muito excede o de rubis. Abre a boca com sabedoria, e a instrução fiel está na sua língua." (Provérbios 31:10, 26)
75. O tom de voz errado tem sido o grande vilão para os atritos da vida conjugal. 
"E, sobre tudo isto, revesti-vos de amor, que é o vínculo da perfeição." (Colossenses 3:14)
76. Compartilhar as tarefas domésticas também é uma prova de amor. 
"E esta é a minha oração: que o vosso amor aumente mais e mais em pleno conhecimento e toda percepção." (Filipenses 1:9)

77. O melhor de um casamento de muitos anos é apaixonar-se muitas vezes, sempre pela mesma pessoa. 
"Agora permanecem estas três: a fé, a esperança e o amor, mas o maior destes é o amor. Portanto, cuidai-vos de vós mesmos, e ninguém seja desleal para com a mulher da tua mocidade." 
(I Cor 13:13/ Malaquias 2:15)

CONGRESSO DE FAMILIA ONLINE 100% GRATUITO

CONGRESSO ONLINE 100% GRATUITO
FORTALECENDO CASAMENTOS.
Acesse:http://fortalecendocasamentos.com.br/pr-zaqueu
01-Quero fortalecer meu casamento
02-Não quero me divorciar
03-Fui traída, e agora?
04Ainda amo meu conjuge, mas não aguento mais
05 Quero meu casamento transformado em 7 dias
06 Não tenho mais auto estima
07 10 áreas críticas do casamento
Pr Zaqueu Medeiros & Pra Marlene
Conferencista na areá de família
https://youtu.be/pjcuxNw5HjI
Pr Zaqueu Medeiros & Pra. Marlene Medeiros.

Palestra para Casais,17 palestras: Vai Mudar Sua Vida

17 palestras: Vai Mudar Sua Vida
1ª - Construindo ”meu Lar”.
2ª - As Consequências das Crises Familiares.
3ª - Criação de filhos.
4ª - Ajuste sexual.
5ª - Finanças do casal.
6ª - Crise familiar.
7ª. Veredas Antigas.
8ª - Dependência de Deus no Casamento.
9ª-Evitando Brigas.
10.Orçamento Doméstico.
11. As Cinco Linguagens do Amor..
12. Como Perdoar Alguém da Família?
13. 9 Regras Para Um Casamento Feliz
14. Até Que A Morte Os Separe.
15. Como Deus Pode e Vai Restaurar Seu Casamento.
16. Honestidade no casamento.
17. Através do casamento Deus criou uma aliança entre duas pessoas.
Pr Zaqueu Medeiros & Pra. Marlene Medeiros
Conferencista na areá de família

O Amor e Suficiente, Pr Zaqueu Medeiros

Abertura Tv Amovc. Sua oportunidade de investir no seu casamento. Toda sexta-feira, as 22:00hs uma nova dica para você valorizar . Prepare a pipoca, junte as poltronas e chame seu amor, para vocês juntos terem um momento para crescimento e reflexão da vida
https://youtu.be/EzAcqnDfjfg
Pr Zaqueu Medeiros & Pra. Marlene Medeiros.

Abertura Tv Amovc

Abertura Tv Amovc. Sua oportunidade de investir no seu casamento. Toda sexta-feira, as 22:00hs uma nova dica para você valorizar . Prepare a pipoca, junte as poltronas e chame seu amor, para vocês juntos terem um momento para crescimento e reflexão da vida
https://youtu.be/EzAcqnDfjfg
Pr Zaqueu Medeiros & Pra. Marlene Medeiros.

Dinamica do Perdão, Pr Zaqueu Medeiros & Pra. Marlene Medeiros

Descrição
Aqui você vai aprender receitas que darão sabor ao seu relacionamento! Tudo que é preciso para ter um relacionamento, casamento feliz e saboroso. Ministério Amo VC sempre investindo em seu casamento. Departamento de ajuda conjugal: site oficial :
http://ministeriodecasaisamovc.com/
Pr Zaqueu Medeiros & Pra. Marlene Medeiros
Conferencista na área de família